..: Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus :..


Redes Sociais

  • Facebook
  • Youtube

Goiânia, 27 de Fevereiro de 2021

Formação - Na terra do contrário

Na terra do contrário

Não é a primeira e também acredito que não seja a última vez que me sinto um homem fora da rota, contra a correnteza. Nessa hora, me lembrei de uma
canção infantil do Pe. Zezinho:

“Lá na terra do contrário o cachorro faz miau.
E quem late é o canário e o gatinho faz au au.
E acontece cada coisa como nunca ninguém viu.
Lá na terra do contrário no verão é que faz frio.
Onde é que fica essa terra do contrário?
Lá na terra do contrário a calçada é que é a rua.
De manhã o sol se esconde e de tarde morre a lua.
E acontece cada coisa, simplesmente, embasbacante.
Lá na terra do contrário vai pra trás quem vai pra diante.
Onde é que fica essa terra do contrário? ...
 
Daí eu descobri que a terra do contrário é aqui!
É aqui que ouço alguém dizer que sente orgulho de ver um colega mutilar-se para se tornar o que não é, ao invés de enfrentar o que causa dentro de si tamanha rejeição. Os inimigos internos são os piores, por isso não se trata de coragem mudar de sexo, pois, as dores das cirurgias são infinitamente menores que as dores da alma, dos traumas, dos medos, da rejeição. Para essas dores, não há anestesia, é preciso coragem para crer no que não se vê.
É aqui que vejo pessoas de bem aplaudirem um final de novela, um beijo gay, celebrar, assim uma vitória social, uma quebra de tabu, um grande avanço na aceitação do “diferente”! Por algum instante, até penso: será mesmo que minha fé me faz tão engessado, parado no tempo? Será que o diferente me assusta e coloca em risco as verdades absolutas da minha fé? Tão logo o Senhor me revela que não sou eu quem teme o diferente, afinal, sou heterossexual! E amo o diferente, me faz crescer, me completa!
Na “minha terra”, coragem é escolher o diferente para passar a vida. Orgulho é ser tão flexível ao ponto de conviver com o diferente por uma vida inteira, gerar filhos e educá-los.
Se é bonito quebrar tabu, é extraordinário quebrar-se inteiro para amar alguém que não gosta de futebol como você, que enxerga mil detalhes no seu mundo prático, que muda de humor a cada TPM, que lhe pede proteção quando é ela quem o protege.
O diferente é encantador e desafiador ao mesmo tempo. Entendo que muitos filhos e filhas amadas de Deus não tenham encontrado em Jesus a força para encarar os verdadeiros desafios da vida e, por isso, querem criar atalhos para chegar à felicidade, escolhem por uma via dolorosa pintada de arco-íris.
Nessa terra do contrário, uma família inteira chora diante da TV, mas se recusa a fazer sorrir quem realmente tem motivos para chorar. A ficção é um bom entretenimento, mas é importante deixarmos de ser telespectadores da vida real. Venha ver “Casa Mateus 25”, “Casa dos Nossos Pais”, venha conhecer o que é lição de amor!
“Lá na terra do contrário vai pra trás quem vai pra diante”.

Igo Neander

Data: 11/02/2014

Comentários

Subir


Facebook
Telefone: (62) 3416-9330
Av. Circular, Qd. E, Lt. E-1 – Setor Expansul - Aparecida de Goiânia/GO - Brasil Cep 74986-250
Copyright © 2021 - Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus. Todos os direitos reservados.