..: Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus :..


Redes Sociais

  • Facebook
  • Youtube

Goiânia, 16 de Janeiro de 2021

Formação - CERCO DE JERICÓ - 20 a 26 de novembro

CERCO DE JERICÓ - 20 a 26 de novembro

CERCO DE JERICÓ - 20 a 26 de novembro

COMBATE ESPIRITUAL

 

CERCO DE JERICO NOVEMBRO CAPA SITE

 

 

 

 

INTENÇÕES: fim da pandemia, conversão de toda a humanidade, pela santificação do clero e das famílias, saúde física e espiritual, pela vitória sobre todo mal e intenções particulares.

 

 

ATITUDES: confissão, jejum, abstinência de carne, doce, suco, refrigerante, tv e rede sociais; participação na santa missa e adoração.

 

 

Hostem repellas longius, afasta para longe de nós o inimigo.

 

O mesmo Espírito que “levou” Jesus para o deserto, onde o tentador o aguardava, também nos leva hoje para lá. O mesmo Espírito que acompanhou Jesus ao deserto e o fez sair triunfante do tentador também nos acompanha para “adestrar as nossas mãos para o combate, nossos dedos para a guerra”.

 

 

 “o vosso inimigo, o diabo, como um leão que ruge, anda rondando à procura de quem devorar” (1Pedro 5,8). A nossa luta não é contra forças humanas, mas contra os principados, contra as potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra os espíritos maus dos ares (Ef 6,12).

 

 

Jesus, no deserto, libertou-se de satanás, e agora pode libertar-nos do poder de satanás.  Onde entra o Espírito Santo, dali é expulso o espírito maligno; os dois não podem coabitar. Sem as armas do Espírito Santo, ninguém avança no campo de batalha.

 

 

CERCO DE JERICÓ - 1º DIA

 

 

A batalha contra o espírito maligno se vence como venceu Jesus no deserto: com a arma da Palavra de Deus. Ela é na verdade a espada do Espírito.

 

 

Efésios 6,17: "Tomai, enfim, o capacete da salvação e a espada do Espírito, isto é, a Palavra de Deus."

 

 

Vem, luz verdadeira. Vem, eterna vida. Vem, mistério escondido. Vem, tesouro sem nome. Vem, realidade inefável. Vem, Tu que escapas à humana compreensão. Vem, gozo perene. Vem, luz sem sombra. Vem, esperança de todos os remidos. Vem, ressurreição dos mortos. Vem, só para o só. Vem, meu alento e minha vida. Vem, consolação da minha alma. Vem, minha alegria, minha glória, minha perene delícia. Hábito refulgente, que queimas os demônios, purificação, que me lavas com puras e santas lágrimas. Fica comigo, Soberano, não me deixes só: assim, quando vierem os inimigos, que sempre tentam devorar a minha alma, ao te encontrarem morando em mim, logo fujam e não possam nada contra mim, ao te verem, o mais forte de todos, sentado dentro da casa da minha pobre alma.

 

 

São Miguel Arcanjo, gloriosíssimo príncipe da milícia celeste, defendei-nos no combate contra os principados e as potestades, contra os dirigentes das trevas deste mundo e contra os espíritos do mal nos ares. Vinde em auxílio dos seres humanos que Deus criou à sua imagem e semelhança e, a grande preço, resgatou da tirania do demônio. A santa Igreja vos venera como seu guarda e padroeiro; o Senhor vos entregou as almas dos redimidos para transportá-las à felicidade eterna. Pedi ao Deus da paz que lance Satanás sob os nossos pés, para que nunca mais consiga aprisionar os seres humanos e prejudicar a Igreja. Levai nossas preces à presença do Altíssimo, para que logo nos manifestem a bondade do Senhor, e prendais o dragão, a antiga serpente, que é o demônio e Satanás, e o lanceis amarrado no abismo, para que nunca mais seduza as pessoas. Amém.

 

 


CERCO DE JERICÓ – COMBATE ESPIRITUAL


2º DIA - SEDE SÓBRIOS E VIGIAI 



 

"O demônio está amarrado, como um cão preso à corrente. Não pode morder ninguém a não ser aquele que, desafiando o perigo, chegue muito perto dele. (...) Pode latir, pode solicitar, mas não pode morder, a não ser que alguém queira. Com efeito, não é forçando, mas persuadindo, que ele faz mal; não arranca de nós o consenso, mas solicita-o”.


1Pedro 5,8-9: “Sede sóbrios e vigiai. Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como o leão que ruge, buscando a quem devorar. Resisti-lhe fortes na fé. Vós sabeis que os vossos irmãos, que estão espalhados pelo mundo, sofrem os mesmos padecimentos que vós."


ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DA DEFESA


Nossa Senhora da Defesa, Virgem Poderosa, recorro a vossa proteção contra todos os assaltos do inimigo, pois vós sois o terror das forças malignas. Eu seguro no vosso manto santo e me refugio debaixo dele para estar guardado (a), seguro (a) e protegido (a) de todo mal.


Mãe Santíssima, refúgio dos pecadores, vós recebestes de Deus o poder para esmagar a cabeça da serpente infernal e, com a espada levantada, afugentar os demônios que querem acorrentar os filhos de Deus.


Curvado (a) sob o peso dos meus pecados, venho pedir a vossa proteção, hoje e em cada dia da minha vida, para que, vivendo na luz do vosso Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, eu possa, depois desta caminhada terrena, entrar na Pátria Celeste. Amém.



Cerco de Jericó - 3º DIA / 23.11 (domingo)


A vida cristã é um combate espiritual. Para conseguir a vitória é preciso combater todos os dias, voltando sempre à batalha e renovando o combate. (1Timoteo 6,12)
"Combate o bom combate da fé. Conquista a vida eterna, para a qual foste chamado e fizeste aquela nobre profissão de fé perante muitas testemunhas."

ORAÇÃO: COURAÇA DE SÃO PATRÍCIO

Levanto-me, neste dia que amanhece,
Por uma grande força, a invocação da Trindade,
Pela fé na Tríade,
Pela afirmação da unidade
Do Criador da criação.
Levanto-me, neste dia que amanhece,
Pela força do nascimento de Cristo e de seu batismo,
Pela força de sua crucificação e sepultamento,
Pela força de sua ressurreição e ascensão,
Pela força de sua descida para o julgamento dos mortos.
Levanto-me, neste dia que amanhece,
Pela força do amor dos Querubins,
Em obediência aos Anjos,
A serviço dos Arcanjos,
Pela esperança da ressurreição e do prêmio,
Pelas orações dos Patriarcas,
Pelas previsões dos Profetas,
Pela pregação dos Apóstolos
Pela fé dos Confessores,
Pela inocência das Virgens santas,
Pelos atos dos Bem-aventurados.
Levanto-me, neste dia que amanhece,
Pela força do céu:
Luz do sol,
Clarão da lua,
Esplendor do fogo,
Pressa do relâmpago,
Presteza do vento,
Profundeza dos mares,
Firmeza da terra,
Solidez da rocha.
Levanto-me, neste dia que amanhece:
Que a força de Deus me dirija,
Que o poder de Deus me ampare,
Que a sabedoria de Deus me guie,
Que o olhar de Deus me vigie,
Que o ouvido de Deus me ouça,
Que a palavra de Deus me faça eloquente,
Que a mão de Deus me guarde,
Que o caminho de Deus me esteja à frente,
Que o escudo de Deus me proteja,
Que o exército de Deus me defenda
Das armadilhas do demônio,
Das tentações do vício,
De todos os que me desejam mal,
Longe e perto de mim,
Agindo só ou em grupo.
Conclamo, hoje, tais forças a me protegerem contra o mal,
Contra qualquer força cruel que me ameace corpo e alma,
Contra a encantação de falsos profetas,
Contra as leis negras do paganismo,
Contra as leis falsas dos hereges,
Contra a arte da idolatria,
Contra feitiços de bruxas e magos,
Contra saberes que corrompem o corpo e a alma.
Cristo guarde-me hoje
Contra veneno, contra fogo,
Contra afogamento, contra ferimento,
Para que eu possa receber e desfrutar a recompensa.
Cristo comigo,
Cristo à minha frente,
Cristo atrás de mim,
Cristo em mim,
Cristo embaixo de mim,
Cristo acima de mim,
Cristo à minha direita,
Cristo à minha esquerda,
Cristo ao me deitar,
Cristo ao me sentar,
Cristo ao me levantar,
Cristo no coração de todos a quem eu falar,
Cristo na boca de todos os que me falarem,
Cristo em todos os olhos que me virem,
Cristo em todos os ouvidos que me ouvirem.
Levanto-me, neste dia que amanhece,
Por uma grande força, pela invocação da Trindade,
Pela fé na Tríade,
Pela afirmação da Unidade,

 

Pelo Criador da Criação.

DIA

Combater sempre com força de ânimo e coragem (Tiago 1,12-16)

 


"Feliz o homem que suporta a tentação. Porque, depois de sofrer a provação, receberá a coroa da vida que Deus prometeu aos que o amam. Ninguém, quando for tentado, diga: “É Deus quem me tenta”. Deus é inacessível ao mal e não tenta a ninguém. Cada um é tentado pela sua própria concupiscência, que o atrai e alicia. A concupiscência, depois de conceber, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte. Não vos iludais, pois, irmãos meus muito amados."

 


ORAÇÃO Deus do Céu, Deus da Terra, Deus dos Anjos, Deus dos Arcanjos. Deus dos Patriarcas, Deus dos Profetas, Deus dos Apóstolos. Deus dos Mártires, Deus dos confessores, Deus das virgens. Deus que tendes o poder de dar a vida após da morte, o repouso após o trabalho; porque não há outro Deus além de Vós; e não pode haver outro senão Vós, o Criador de todas as coisas visíveis e invisíveis, cujo Reino não terá fim. Suplicamos humildemente à Vossa Gloriosa Majestade se Vos digneis livrar-nos poderosamente, e guardar-nos incólumes de todo o domínio, laço, ardil e perversidade dos espíritos infernais. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém. Dos embustes do demônio, livrai-nos Senhor. Que vossa Igreja vos sirva em tranquila liberdade, nós Vos rogamos, ouvi-nos Senhor. Que vos digneis confundir os inimigos da Santa Igreja, nós Vos rogamos ouvi-nos Senhor. Ó Coração Eucarístico de Jesus, por aquela chama de amor na qual ardeste no momento solene no qual Vos dáveis todo a nós na Santíssima Eucaristia, humildemente Vos suplicamos que Vos digneis livrar-nos poderosamente e guardar-nos incólumes de todo poder, laço, engano e malvadez dos espíritos infernais. Assim seja.


Ó Coração Eucarístico de Jesus, livrai-nos cada vez mais das insídias de satanás.


5º DIA | CERCO DE JERICÓ


Deus combate por nós e nos dará a vitória (2Samuel 22,29-38)

 


"Aos humildes salvais; os semblantes soberbos humilhais. Senhor, sois meu farol; é o Senhor quem dissipa as minhas trevas. Convosco afrontarei batalhões; com meu Deus escalarei muralhas. Os caminhos de Deus são perfeitos; a palavra do Senhor é pura. Ele é o escudo de todos os que nele se refugiam. Pois, quem é Deus senão o Senhor? Quem é o rochedo, senão o nosso Deus? É Deus quem me cinge de coragem e aplana o meu caminho.Torna os meus pés velozes como os das gazelas e me instala nas alturas. Adestra minhas mãos para o combate e meus braços para o tiro de arco. Vós me dais o escudo que me salva e vossa bondade me engrandece. Alargais o caminho a meus passos para meus pés não resvalarem. Dou caça aos inimigos e os extermino. E não volto sem que os tenha aniquilado.De tal sorte os aniquilo e despedaço, que não mais se levantam; eles estão caídos a meus pés."

 


ORAÇÃO CONTRA TODOS OS MALES



Deus Pai, Deus Filho, t Deus Espírito Santo, ó Santíssima Trindade, descei sobre nós. Ó Virgem Imaculada, Anjos, Arcanjos e Santos do paraíso, intercedei por nós.



Fortalecei-nos, Espírito Santo. Formai-nos, enchei-nos de vós, e servi-vos de nós. Expulsai de nós todas as forças do mal, aniquilai-as, destruí-as, para que fiquemos bem e possamos praticar o bem.



Afastai de nós os malefícios, a bruxaria, a magia negra, as missas negras, os feitiços, as amarrações, as maldições, os maus olhados, a infestação diabólica, a possessão diabólica, a obsessão diabólica; tudo o que é mal, pecado, ódio, inveja e perfídia; a doença física, psíquica, moral, espiritual e diabólica.



Queimai todos estes mal no inferno para que nunca mais r possam prejudicar, nem a nenhuma outra criatura do mundo.



Com a força de Deus Todo-Poderoso, em nome de Jesus Cristo +, o Redentor, e pela intercessão da Virgem Imaculada, ó Deus Espírito Santo: ordenai a todo mal presente, a todos os espíritos impuros, que nos deixem imediatamente para nunca mais voltar, que vão para o fogo eterno, acorrentados pelo Arcanjo Miguel, por São Gabriel, São Rafael e por nossos santos, Anjos da Guarda, e esmagados pelos pés da Santíssima Virgem Imaculada.




 

6º DIA


Não entregues as armas nem fuja da luta, essa batalha não pode ser evitada: combater ou morrer. “Combate o bom combate da fé”. 1Cor 10,13



"Não vos sobreveio tentação alguma que ultrapassasse as forças humanas. Deus é fiel: não permitirá que sejais tentados além das vossas forças, mas com a tentação, ele vos dará os meios de suportá-la e sairdes dela."

 

 

ORAÇÃO DE CONFISSÃO E RENÚNCIA



Senhor Jesus Cristo, creio que tu morreste na cruz por meus pecados e ressuscitastes da morte. Tu me redimiste por Teu sangue e pertenço a Ti.


Confesso-Te todos os meus pecados, os conhecidos e os desconhecidos... Lamento-me por eles. Arrependo-me deles. Renuncio a todos eles.


Eu perdoo a todas as pessoas que me ofenderam... como quero que Tu me perdoes. Perdoa-me agora e lava-me com Teu Sangue, Jesus, que me purifica de todo pecado. E chego a Ti, neste momento, como meu Libertador. Tu sabes das minhas necessidades especiais... Aquilo que me perverte..., aquele espírito maldito que me atormenta. Clamo a promessa de Tua Palavra: "Todo aquele que invocar o nome do Senhor, será alvo". Clamo a Ti, agora, em Teu Nome, liberta-me, ó Senhor! Satanás, eu renuncio a você e a toda a sua obra, inclusive a toda e qualquer feitiçaria, macumba, espiritismo, cartomancia, a tudo que direta ou disfarçadamente tenha ligação com você. Renuncio agora, também, a qualquer ligação que eu ou membros de minha família, amigos e conhecidos, tenhamos tido com as obras ligadas a você. Renuncio a você, satanás, em Nome de Jesus Cristo, o Filho de Deus Vivo, meu Salvador. Amém!  

 

 

CERCO DE JERICÓ - COMBATE ESPIRITUAL - 7º DIA


Com Maria, no bom combate da fé -  2Timóteo 4,7-8

"Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé. Resta-me agora receber a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia, e não somente a mim, mas a todos aqueles que aguardam com amor a sua aparição."


Essa batalha, que só acaba com a morte, não pode ser evitada durante a vida, e aquele que recusa a combater, perde com certeza a liberdade e a vida. Deus não permitirá que sejamos feridos pelo inimigo ou que sejamos tentados acima de nossas forças,  mas combaterá a nosso favor, garantindo-nos a vitória, desde de que não confiemos em nós, mas confiemos plenamente no seu infinito poder e bondade.

 

 

ORAÇÃO

 


Levanta-se Deus, intercedendo a Bem-aventurada Virgem Maria, seu casticismo esposo São José, São Miguel Arcanjo e todas as milícias celestes e sejam dispersos os seus inimigos e fujam de sua face todos que vos odeiam.

 


Invocações à bem-aventurada Virgem Maria

 


À vossa proteção recorremos, santa Mãe de Deus; não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita. Consoladora dos aflitos, rogai por nós. Auxílio dos cristãos, rogai por nós. Permiti que eu vos louve, Virgem santa; dai-me força contra os vossos inimigos. Minha mãe, a minha esperança! Virgem Mãe de Deus, Maria, intercedei a Jesus por mim. Digníssima rainha do mundo, Virgem perpétua, Maria, intercedei por nossa paz e salvação, vós, que gerastes o Cristo Senhor e Salvador de todos. Maria, Mãe da graça, Mãe da misericórdia, protegei-nos do inimigo, e recebei-nos na hora da morte. Socorrei-me, ó piedosíssima Virgem Maria, em todas as minhas tribulações, angústias e necessidades e suplicai ao vosso amado Filho que me conceda a libertação de todos os males e perigos da alma e do corpo.

 

 

 

Paulo VI reafirmou com vigor a doutrina bíblica e tradicional em torno deste “agente obscuro e inimigo, que é o demônio. Escreve, por exemplo:


“O mal não é somente uma deficiência, mas uma eficiência, um ser vivo, espiritual, perverso e corruptor. Terrível realidade! Misteriosa e assustadora!”.


Um padre do Deserto respondia com um apólogo:


"Os cedros do Líbano disseram um belo dia: "Somos tão altos e fortes, mas uma lâmina de aço nos derruba! Mas se não lhe dermos um pedaço nosso, nem mesmo o aço poderá derrubar-nos”. Pois é com a madeira que os homens fabricam os machados que usam para abater as árvores. As árvores são as almas, o aço do machado o demônio, e o cabo a nossa vontade. Esta é que nos faz cair" .

 


Após a vinda de Cristo à terra,

 


"o demônio está amarrado, como um cão preso à corrente. Não pode morder ninguém a não ser aquele que, desafiando o perigo, chegue muito perto dele. (...) Pode latir, pode solicitar, mas não pode morder, a não ser que alguém queira. Com efeito, não é forçando, mas persuadindo, que ele faz mal; não arranca de nós o consenso, mas solicita-o”.

 


O Espírito Santo nos livra da angústia! É a esperança da nossa "época de angústia”. Hoje também Jesus continua expulsando os demônios "pelo dedo de Deus", pelo Espírito Santo.

 


“Temos da parte de Deus um grande aliado e protetor, o grande doutor da Igreja, o nosso grande defensor. Por isso, não tememos os demônios ou o diabo, pois mais forte que eles é aquele que combate conosco".

 


A vida cristã é um combate espiritual. A nossa confiança no combate, graças ao Paráclito, é tal que não diminui nem mesmo diante de uma eventual derrota. Lê-se nas histórias dos Padres do Deserto que um monge caía muitas vezes, de noite, no pecado da carne, mas nem por isso deixava de orar e gemer, após cada queda. Uma vez que, cometida a culpa, se havia logo levantado para recitar o Ofício, o demônio, "espantado com tanta confiança", lhe apareceu e perguntou se não tinha vergonha de aparecer diante de Deus naquele estado. O monge respondeu: "Juro que não me cansarei de pedir a Deus contra ti, até que cesses de me fazer a guerra, e veremos quem sairá vencedor, se tu ou Deus".

 


O demônio cessou imediatamente de tentá-lo, para não aumentar, deste modo, a sua coroa.

 


Mostra a experiência que a batalha contra o espírito maligno se vence como a venceu Jesus no deserto: com a arma da Palavra de Deus. Ela é na verdade "a espada do Espírito" (Ef 6,17). Quem for tentado pelo espírito de soberba, experimente dizer: "Eu não procuro a minha glória" (Jo 8,50) ou "o que tens que não tenhas recebido?" (1Cor 4,7). Se for tentado pelo espírito de impureza, deixe ressoar no íntimo a palavra de Jesus: "Bem-aventurados os puros de coração" (Mt 5,8) ou "O Espírito é que dá a vida. A carne de nada serve" (Jo 6,63). Ou ainda uma outra palavra que tenha experimentado alguma vez, com bons efeitos, mas sempre a mesma. Irá verificar que se trata verdadeiramente de uma arma infalível.

 


Vem, luz verdadeira. Vem, eterna vida. Vem, mistério escondido. Vem, tesouro sem nome. Vem, realidade inefável. Vem, Tu que escapas à humana compreensão. Vem, gozo perene. Vem, luz sem sombra. Vem, esperança de todos os remidos. Vem, ressurreição dos mortos. Vem, só para o só. Vem, meu alento e minha vida. Vem, consolação da minha alma. Vem, minha alegria, minha glória, minha perene delícia. Hábito refulgente, que queimas os demônios, purificação, que me lavas com puras e santas lágrimas. Fica comigo, Soberano, não me deixes só: assim, quando vierem os inimigos, que sempre tentam devorar a minha alma, ao te encontrarem morando em mim, logo fujam e não possam nada contra mim, ao te verem, o mais forte de todos, sentado dentro da casa da minha pobre alma.

 


Já viste, filha, o modo com que deves combater para vencer mesma e ornar-te de virtudes. Agora é bom que saibas que, para conseguir a vitória mais facilmente e de forma mais rápida, é necessário que combatas todos os dias, voltando sempre à batalha e renovando o combate, principalmente contra o amor-próprio, habituando-te a receber como amigos queridos os desprezos e desgostos que o mundo impõe. Pois o descuido nessa batalha torna as vitórias mais difíceis, raras, imperfeitas e instáveis.

 


Por isso, deves pelejar com força de ânimo, que facilmente obterás se pedires a Deus.

 


Por tudo isso não deves perder a coragem, ainda que combate se mostre difícil e não consigas ver-lhe o fim, e  te vejas constantemente em risco de fracassar. Por maior que seja a força dos nossos inimigos, lembra-te de que ela está nas mãos do poder divino. E Ele, que nos impõe este combate para o nosso bem, não só não permitirá que sejas tentada além de tuas forças, como combaterá Ele mesmo por ti e te dará a vitória quando assim o desejar; e, se Lhe aprouver que esse combate dure até o último dia da tua vida, será  certamente para o teu proveito.

 


A ti cabe apenas combater generosamente e, mesmo sendo muitas vezes ferida, não entregar as armas nem fugir da luta. E por fim, mais uma razão para combater valorosamente é ter em conta que essa batalha não pode ser evitada e que há duas opções, combater ou morrer. Porque os inimigos são tão fortes e tão grande é o ódio que nos têm, que deles não se pode esperar nem paz, nem trégua.

 


Ao acordar, a primeira coisa que deves fazer é abrir os da alma e considerar a ti mesma como um campo de batalha, no qual aqueles que não combatem, morrem.

 


Neste campo de batalha, estão os teus inimigos, os vícios e paixões desordenadas que tentam vencer-te e levar-te à morte. Mas lembra-te de que mesmo que o Demônio em pessoa esteja à tua frente, à tua direita está Jesus Cristo como um capitão, com a sua santíssima Mãe e o seu caríssimo Pai, além do exército de anjos e santos comandados por São Miguel arcanjo.

 


Nesses momentos, deves ouvir no fundo do coração a voz do teu anjo da guarda, que diz: “Deves hoje combater contra estes e muitos outros inimigos. Não deixes que o medo domine teu coração e te faça perder o ânimo, não cedas a eles por temor nem por qualquer outra razão, porque Nosso Senhor é teu capitão e, junto com todo o exército dos céus, combaterá contra todos os seus inimigos, não permitindo que prevaleçam contra ti; fica firme, esforça-te e faz violência contra ti mesma, sofrendo o que for para vencer-te. Clama ao Senhor, á Virgem Maria, aos santos e anjos, do íntimo do teu coração e fica certa de que alcançaras a vitória”.

 


Combate com coragem.

 


Com as armas da desconfiança de si, da confiança em Deus, da oração e dos exercícios que deves começar a combater o inimigo, isto é, aquele vício que queres vencer, seja por meio da resistência, ou do ódio, ou pela prática da virtude contrária a ele, ferindo-o de morte para agradar ao Senhor, que, com toda a Igreja triunfante, acompanha o teu combate.

 


Não deves recear o combate considerando a obrigação que temos de honrar e servir a Deus e a necessidade de lutar, pois ninguém foge à batalha sem morrer. E digo mais, se quisesses rebelar-te e fugir de Deus, entregando-te ao mundo e às delicias da carne, enfrentarias combates ainda piores e sofrerias tantas contrariedades que teu coração seria penetrado de uma angústia mortal.

 


Aproxima-te mais de Deus na oração, e mais do que nunca foge das ocasiões que puderem oferecer perigo.

 


Quando vier a tentação, procura discernir se a causa é interna ou externa.

 


O silêncio é uma grande fortaleza no combate espiritual e uma garantia segura de vitória; é amigo de quem desconfia de si mesmo e confia em Deus; é guardião da autentica oração e uma magnífica ajuda no exercício das virtudes.

 


O EXAME DE CONSCIÊNCIA

 


Para realizar o exame de consciência, deves considerar três coisas: as faltas cometidas no dia, as causas que as motivaram, o teu ânimo e prontidão para as combater e cultivar as virtudes.

 


Com relação às faltas, observa o que foi dito no capitulo XXVI, que indica o que fazer quando somos feridos. E, com relação às causas, esforça-te com diligência para eliminar ai ocasiões de queda. Fortifica a vontade para adquirir as virtudes, com desconfiança de ti mesma, confiança em Deus, oração e numerosos atos de renúncia ao pecado e de amor à virtude. As vitórias que alcançares e as boas obras que realizarei devem ser-te sempre suspeitas, e não deves deter nelas o pensamento, para que não sejam motivo de vanglória e soberba. Entrega-as simplesmente nas mãos da misericórdia divina e pensa no muito que te falta fazer. No que se refere à ação de graças pelos dons e favores que o Senhor te concedeu nesse dia, reconhece-O como o autor de todo o bem e dá-Lhe muitas graças por te ter libertado de tantos males manifestos e ocultos, por ter-te inspirado bons pensamentos, proporcionado ocasiões para praticar a virtude e por quaisquer outros benefícios que ignores.


 

O DEVER DE COMBATER NESTA BATALHA ATÉ A MORTE

 


Entre as coisas necessárias para esse combate, uma das mais importantes é a perseverança com que devemos sempre mortificar as nossas paixões, que nunca morrem totalmente durante a nossa vida, mas sempre voltam a crescer em nosso coração como ervas daninhas. Esta batalha, que só acaba com a morte, não pode ser evitada durante a vida, e aquele que se recusa a combater, perde com certeza a liberdade e a vida. Temos de nos haver com inimigos que nos odeiam profundamente, e dos quais não podemos esperar nem paz, nem trégua, pois são implacáveis e causam maior desgraça aos que procuram a sua amizade. Contudo, não te inquietes pelo seu grande número e força, porque nessa batalha somente será vencido quem o quiser; toda a força dos inimigos está submetida ao Capitão, por cuja honra e glória combatemos. Ele não só não permitirá que sejas ferida pelo inimigo ou que sejas tentada acima de tuas forças, mas combaterá a teu favor, garantindo-te a vitória, desde que não confies em ti, mas confies plenamente no Seu infinito poder e bondade.

 


E, se o Senhor tardar em conceder-te  a vitória, nem por isso perde o ânimo, sabendo que, se combateres com fidelidade e generosidade, Ele aplicará em teu benefício e vantagem todas as dificuldades que enfrentas, até mesmo aquelas que a ti parecem prejudicar do que favorecer a vitória. E essa segurança renovará a tua confiança para perseverares no combate com renovadas forças.

 


Segue, pois, filhinha, o teu celeste Capitão e Senhor, que por ti venceu o mundo e se entregou à morte. Aplica-te com generosidade de ânimo a este combate, até a total destruição de todos os teus inimigos; se deixares um único  deles com vida, ele será como um cisco no teu olho ou uma lança no peito, dificultando tua gloriosa vitória.

 

 

 

 

COURAÇA DE SÃO PATRÍCIO

 

Levanto-me, neste dia que amanhece,
Por uma grande força, a invocação da Trindade,
Pela fé na Tríade,
Pela afirmação da unidade
Do Criador da criação.

 



Levanto-me, neste dia que amanhece,
Pela força do nascimento de Cristo e de seu batismo,
Pela força de sua crucificação e sepultamento,
Pela força de sua ressurreição e ascensão,
Pela força de sua descida para o julgamento dos mortos.



Levanto-me, neste dia que amanhece,
Pela força do amor dos Querubins,
Em obediência aos Anjos,
A serviço dos Arcanjos,
Pela esperança da ressurreição e do prêmio,
Pelas orações dos Patriarcas,
Pelas previsões dos Profetas,
Pela pregação dos Apóstolos
Pela fé dos Confessores,
Pela inocência das Virgens santas,
Pelos atos dos Bem-aventurados.



Levanto-me, neste dia que amanhece,
Pela força do céu:
Luz do sol,
Clarão da lua,
Esplendor do fogo,
Pressa do relâmpago,
Presteza do vento,
Profundeza dos mares,
Firmeza da terra,
Solidez da rocha.



Levanto-me, neste dia que amanhece:
Que a força de Deus me dirija,
Que o poder de Deus me ampare,
Que a sabedoria de Deus me guie,
Que o olhar de Deus me vigie,
Que o ouvido de Deus me ouça,
Que a palavra de Deus me faça eloquente,
Que a mão de Deus me guarde,
Que o caminho de Deus me esteja à frente,
Que o escudo de Deus me proteja,
Que o exército de Deus me defenda
Das armadilhas do demônio,
Das tentações do vício,
De todos os que me desejam mal,
Longe e perto de mim,
Agindo só ou em grupo.



Conclamo, hoje, tais forças a me protegerem contra o mal,
Contra qualquer força cruel que me ameace corpo e alma,
Contra a encantação de falsos profetas,
Contra as leis negras do paganismo,
Contra as leis falsas dos hereges,
Contra a arte da idolatria,
Contra feitiços de bruxas e magos,
Contra saberes que corrompem o corpo e a alma.


Cristo guarde-me hoje
Contra veneno, contra fogo,
Contra afogamento, contra ferimento,
Para que eu possa receber e desfrutar a recompensa.

 


Cristo comigo,
Cristo à minha frente,
Cristo atrás de mim,
Cristo em mim,
Cristo embaixo de mim,
Cristo acima de mim,
Cristo à minha direita,
Cristo à minha esquerda,
Cristo ao me deitar,
Cristo ao me sentar,
Cristo ao me levantar,

 



Cristo no coração de todos a quem eu falar,
Cristo na boca de todos os que me falarem,
Cristo em todos os olhos que me virem,
Cristo em todos os ouvidos que me ouvirem.



Levanto-me, neste dia que amanhece,
Por uma grande força, pela invocação da Trindade,
Pela fé na Tríade,
Pela afirmação da Unidade,
Pelo Criador da Criação.

 

 

Data: 19/11/2020

Comentários

Subir


Facebook
Telefone: (62) 3416-9330
Av. Circular, Qd. E, Lt. E-1 – Setor Expansul - Aparecida de Goiânia/GO - Brasil Cep 74986-250
Copyright © 2021 - Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus. Todos os direitos reservados.