..: Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus :..


Redes Sociais

  • Facebook
  • Youtube

Goiânia, 13 de Dezembro de 2017

Oração - Preparação para Pentecostes

        Novena para pedir os sete dons e dos doze frutos do divino Espírito Santo

        Oração Inicial
        (Sequência da Missa de Pentecostes)

        Vinde, ó Espírito Santo, e enviai do Céu um raio de vossa luz.
        Vinde, Pai dos pobres, vinde, dispensador dos dons, vinde, luz dos corações.
        Consolador por excelência, doce hóspede da alma, nosso doce refrigério. No trabalho sois repouso; no ardor sois calma: no pranto, consolo.
        Ó luz beatíssima, penetrai até o fundo do coração dos que Vos são fiéis. Sem vossa graça, nada há no homem, nada que não lhe seja nocivo. Lavai o que é impuro, fecundai o que é estéril, ao que está ferido, curai.  Dobrai o que é rígido, aquecei o que é frio, e o que se extraviou, guiai. Dai aos que Vos são fiéis, e em Vós confiam, os sete dons sagrados. Dai-lhes o mérito da virtude, a salvação no termo da vida, a eterna felicidade. Amém.

        Orações para pedir os sete dons e os doze frutos do Divino Espírito Santo
        (Santo Afonso Maria de Ligório)


1ª Primeiro Dia: Os sete dons do Espírito Santo

Primeiro Dia

Os sete dons do Espírito Santo
        Vinde, Espírito Santo, visitai-me e enchei o meu coração, que vós criastes, com a vossa graça divina. Vinde e repousai sobre mim, Espírito de sabedoria e entendimento, Espírito de conselho e fortaleza, Espírito de ciência, de piedade e de temor de Deus.
        Vinde Espírito Divino, ficai comigo e derramai sobre mim a vossa divina benção.
        Vinde, Espirito Santo, enchei os corações dos vossos fieis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a Face da terra.
        Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao Pai.

2ª Segundo Dia: O dom da Sabedoria

Segundo Dia

O dom da sabedoria
        Espírito Santo, concedei-me o dom da sabedoria, a fim de que eu, cada vez mais, goste das coisas divinas e, abrasado no fogo de vosso amor, prefira com alegria as coisas do céu a tudo que é mundano e me una para sempre a Jesus, sofrendo tudo neste mundo por seu amor. Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.
        Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao Pai.

3ª Terceiro Dia: O dom do Entendimento

Terceiro Dia

O dom do entendimento
        Espírito Santo, concedei-me o dom do entendimento, para que eu, iluminado pela luz celeste de vossa graça, bem entenda as sublimes verdades da salvação, a doutrina da santa religião católica.
        Vinde. Espirito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espirito c tudo será criado e renovareis a face da terra.
        Pai Nosso, Ave Maria e 'Glória ao Pai.

4ª Quarto Dia: O dom do Conselho

Quarto Dia

4° Dia: dom do conselho
        Espirito Santo, concedei-me o dom do conselho, tão necessário em tantos passos difíceis e melindrosos da vida, para que eu escolha o que mais vos agrade, siga em tudo a vossa divina graça e com bons e carinhosos conselhos socorra ao próximo.
        Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.
        Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao Pai.

5ª Quinto Dia: O dom da Fortaleza

Quinto Dia

O dom da fortaleza
        Espírito Santo, concedei-me o dom da fortaleza, para que eu despreze todo o respeito humano, fuja do pecado, pratique a virtude com santo fervor e aceite com paciência, e mesmo com alegria de espírito, os desprezos, prejuízos, perseguições e a própria morte antes que renegar por palavras e por obras o meu amabilíssimo Senhor Jesus Cristo.
        Vinde, Espirito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.
        Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao Pai.

6ª Sexto Dia: O dom da Ciência

Sexto Dia

O dom de ciência
        Espírito Santo, concedei-me o dom da ciência, para que eu conheça cada vez mais as minhas próprias misérias e fraquezas, a beleza da virtude e o valor inestimável da alma; e para sempre veja claramente as ciladas do demônio, da carne e do mundo, a fim de poder evitá-las.
        Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.
        Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao Pai.

7ª Setimo Dia: O dom da Piedade

Setimo Dia

O dom de piedade
        Espírito Santo, concedei-me o dom da piedade, que me tomara delicioso o trato e a conversa convosco na oração e me fará amar a Deus com intimo amor, como a meu Pai, a Maria Santíssima como a minha Mãe e a todos os homens como a meus irmãos em Jesus Cristo. Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis s e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.
        Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao Pai.

8ª Oitavo Dia: O dom do Temor a Deus

Oitavo Dia


        Espírito Santo, concedei-me o dom do temor de Deus, para que eu sempre me lembre, com suma reverência e profundo respeito, da vossa divina presença; trema, como os próprios anjos, diante de vossa divina majestade, e nada receie tanto como desagradar aos vossos santos olhos.
        Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai O vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.
        Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao Pai.

9ª Nono Dia: Os doze frutos do Espírito Santo

Nono Dia

Os doze frutos do Espírito Santo
        Espirito Santo, amor eterno do Pai e do Filho, dignai-vos conceder-me os vossos doze frutos: o fruto da caridade, que me una inteiramente convosco pelo amor; fruto da alegria, que me encha de santa consolação; o fruto da paz, que produza em mim a tranquilidade da alma: o fruto da paciência, que me faça aceitar tudo por amor de Jesus e Maria; o fruto da benignidade, que me leve a socorrer de boa vontade às necessidades dos que sofrem; o fruto da bondade,  que me torne bem fazejo e clemente com todos; o fruto da longanimidade, que me faça esperar com paciência em qualquer demora; o fruto da brandura, que me faça suportar com toda a mansidão o que o próximo tem do incómodo; o fruto da fé, que me faça crer firmemente na palavra de Deus; o fruto da modéstia, que regule tudo o meu  exterior.         Enfim, os frutos da continência e da castidade, que conservem as minhas mãos  inocentes e o meu coração limpo e imaculado.
        Espírito Divino, fazei que a minha alma seja para sempre a vossa morada e o meu corpo vosso sagrado templo. Habitai em mim e ficai comigo na terra, para que  eu mereça ver-vos eternamente no Reino da Glória. Amém.
        Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.
        Pai Nosso. Ave Maria e Glória ao Pai.

9ª Oração Final

Oração Final
(Santo Agostinho)

        Ó Divino Amor, ó vinculo sagrado que unis o Pai e o Filho, Espírito onipotente, fiel consolador dos aflitos, penetrai nos abismos profundos de meu coração e fazei aí brilhar vossa resplandecente luz. Derramai vosso doce orvalho sobre esta terra deserta, a fim de fazer cessar sua longa aridez. Enviai os dardos celestes de vosso amor até o santuário de minha alma, de modo que, nela penetrando, acendam chamas ardentes que consumam todas as minhas fraquezas, minhas negligências e meus langores.
        Vinde, vinde doce Consolador das almas desoladas, refúgio no perigo e protetor na aflição desamparada.
        Vinde, Vós que lavais as almas de suas manchas e que curais suas chagas.
        Vinde, força dos fracos, apoio daqueles que caem.
        Vinde, doutor dos humildes e vencedor dos orgulhosos.
        Vinde, pai dos órfãos, esperança dos pobres, tesouro dos que estão nu indigência.
        Vinde, estrela dos navegantes, porto seguro dos náufragos.
        Vinde, força dos vivos e salvação dos moribundos.
        Vinde, ó Espirito Santo, vinde e tende piedade de mim.
        Tornai minha alma simples, dócil e fiel, e condescendei com minha fraqueza. Condescendei, com tanta bondade, que minha pequenez encontre graça diante de vossa grandeza infinita, minha impotência diante de vossa força, minhas ofensas diante da multidão de vossas misericórdias. Amém.


        Os sete dons e os doze frutos do Espírito Santo, segundo o Catecismo da Igreja Católica

A vida moral dos cristãos é sustentada pelos dons do Espírito Santo. Estes são disposições permanentes que tornam o homem dócil aos impulsos do Espírito Santo.

     Os sete dons do Espirito Santo são: sabedoria, entendimento, conselho, fortaleza, ciência, piedade e temor de Deus. Pertencem em plenitude a Cristo, filho de David. Completam e levam à perfeição as virtudes de quem os recebe. Tornam os fiéis dóceis, na obediência pronta às inspirações divinas.
"Que o vosso espirito de bondade me conduza pelo caminho reto" (SI 143. 10). "Todos aqueles que são conduzidos pelo Espírito de Deus são filhos de Deus [...]; se somos filhos, também somos herdeiros: herdeiros Deus, co-herdeiros de Cristo" (Rm 8, 14.17).

        Os frutos do Espírito são perfeições que o Espírito Santo forma em nós, como primícias da  glória eterna. A tradição da Igreja enumera doze: "caridade, paz, paciência, bondade, longanimidade, benignidade, mansidão, modéstia. continência, castidade" (G15, 22-23 segundo a Vulgata). Catecismo da Igreja Católica, 1830a 1832.

Subir


Facebook
Telefone: (62) 3584-3843
Av. Circular, Qd. E, Lt. E-1 – Setor Expansul - Aparecida de Goiânia/GO - Brasil Cep 74986-250
Copyright © 2017 - Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus. Todos os direitos reservados.